domingo, 10 de julho de 2016

Literatura Fantástica I

O gênero da literatura como fantástico foi, principalmente a partir do final do século XIX, identificado com as obras que tinham como elemento especulativos como fantasmas, seres sobrenaturais com uma narrativa misteriosas que instiga diretamente o imaginário do leitor pois trata de uma suposta realidade não convencional.
É exemplo desse estilo As Aventuras do Barão de Munchaunsen (1785), Frankenstein (1818), Drácula (1897), O coronel e o lobisomem (1964) e o grande sucesso O Senhor dos Anéis (1954-55), no qual o autor, ao mesmo tempo em que trata de aspectos como poder, ambição, guerra e morte.

Os Gênero principais são:
- Fantasia -> algo que quebra as leis da física como nós as conhecemos como magia, criaturas sobrenaturais tais como elfos e espadas. Exemplo: Cidade dos Ossos de Cassandra Clarke; A fantástica fábrica de chocolate de Roald Dahl.
- Ficção cientifica
-Terror (fantástico)

Estabeleceram um marco na história:


















                               













                                   Estão














SUBGÊNEROS:
- História alternativa
- Romance paranormal
- Cyberpunk
- Steampunk
- New weird
- Slipstream





























Obras que marcaram:
- 1984, George Orwell
- Fahrenheit 451, Ray Bradbury
- Duna, Frank Herbert
- A decadência de uma espécie, Margaret Atwood














Em 2014 posso dizer que tive uma experiência das mais significativas, foram várias atividades desde aulas de como trabalhar com sites para confecção de histórias em quadrinhos, como palestra com escritores da forma que surgem as inspirações para suas obras, sobre como os ilustradores atualmente confeccionam suas obras de arte para dar vida nas animações dos livros infantis.  Para compartilhar deixo aqui a apresentação de nosso trabalho final, que foi realizado na Feira do Livro de Porto Alegre daquele ano.

TECENDO HISTÓRIAS - Literatura Fantástica

Nenhum comentário:

Postar um comentário