domingo, 30 de outubro de 2016

Quebra-cabeça de História

Este novo desafio a ser realizado em grupo foi bem interessante, como trabalhar com as séries iniciais transpondo o tempo como tema central. Como era trabalho em grupo, fizemos um consenso e escolhemos a construção de um quebra-cabeça a partir de objetos do cotidiano utilizados na década de 70 fazendo um aporte com os de nossa década atual, demonstrando suas modificações.
Para mim foi bem difícil pois a educação infantil não está em minha área de atuação, mas foi bem prazeroso e com o auxilio das colegas do grupo que já tem experiência com essa faixa etária, facilitou bastante a minha compreensão da forma como se deve ser trabalhando as temporalidades. 
O que mais me preocupou foi como construir conceitos tão distantes de suas vivências, já que é uma faixa etária em que o saber é construído a partir de uma realidade mais concreta, entretanto identifiquei que se forem trabalhados sobre as vivências ocorridas na sociedade naquele momento fazendo um comparativo das narrativas das pessoas que lhe sejam próximas e paralelamente fazendo comparativos de seu cotidiano para demonstrarmos essas modificações teremos sucesso em nossas ações. E como em qualquer atividade lúdica devemos propor desafios a serem superados e serem socializados fazem com que possamos trabalhar habilidades de relacionar e estabelecer diferenças, a desenvolver soluções para problemáticas, a trabalhar em grupo.

                                   


Nenhum comentário:

Postar um comentário